Este site utiliza cookies. De uma forma geral, os cookies são utilizados para melhorar a experiência de navegação no site e para melhorar a qualidade dos serviços que disponibilizamos através do mesmo.

Ao clicar “Aceito” está a autorizar a utilização dos nossos cookies. Poderá encontrar mais informação acerca do uso que fazemos de cookies na nossa Política de Cookies.

A Lenda do Castelo de Arouce e da Fundação da Lousã

A Princesa Peralta é a personagem principal de uma lenda diretamente relacionada com o castelo de Arouce (Lousã). Reza a lenda que Peralta era filha de Arunce, um rei mouro de Conimbriga que terá mandado erguer o castelo da Lousã. A fortificação, localizada nas entranhas da serra, entre cerrados arvoredos povoados por feras, proporcionava um ótimo local de refúgio, em caso de necessidade. E foi isso que aconteceu, quando, inesperadamente, Conimbriga foi atacada pelo príncipe cristão Lausus. De imediato, Arunce decide fugir, trazendo consigo Peralta e todas as suas riquezas para aqui.

Porém, o rei não esperava que, no momento da fuga, a sua filha trocasse olhares com o príncipe Lausus e que, com isso, os dois se enamorassem. Lausus desconhecia o lugar onde Peralta se refugiara e embrenhou-se pelas serras à sua procura. Arunce, sabendo disso, partiu no seu encalço. Esse encontro resultou na morte dos dois e como ninguém sabia onde era o refúgio da princesa, ela acabou por ficar aprisionada no castelo. Em memória disso, Lausus terá dado origem ao nome da Lousã e Arunce dado o nome ao rio envolvente ao castelo (Arouce). Quanto à princesa, reza a lenda que ainda hoje, de vez em quando, se consegue ouvir o soluçar apaixonado da jovem Peralta à espera pelo seu príncipe. 

Destino de referência para o Turismo de Natureza, Aventura e Cultural

Para além do castelo, dos museus, do centro histórico e de vários edifícios de inegável valor histórico espalhados pelo concelho, a Lousã posiciona-se também como um destino de referência para quem gosta de atividades de turismo de natureza e aventura. Com efeito, a Lousã dispõe de notáveis condições naturais proporcionadas pela Serra da Lousã, o rio Ceira ou a ribeira de São João. Para além do castelo, dos museus, do centro histórico e de vários edifícios de inegável valor histórico espalhados pelo concelho, a Lousã posicionase também como um destino de referência para quem gosta de atividades de turismo de natureza e aventura. Com efeito, a Lousã dispõe de notáveis condições naturais proporcionadas pela Serra da Lousã, o rio Ceira ou a ribeira de São João. Esse potencial tem vindo a ser desenvolvido de forma progressiva, pelo que atualmente dispõe de uma oferta diversificada que inclui as Aldeias do Xisto (Candal, Casal Novo, Cerdeira, Chiqueiro, Talasnal), uma rede de percursos pedestres, circuitos de BTT, trail e downhill, três praias fluviais distinguidas com bandeira azul (Senhora da Piedade, Senhora da Graça, Bogueira) e uma gastronomia muito rica.

Galeria de Fotos

Visite-nos e descubra tudo o que temos para lhe mostrar.