Este site utiliza cookies. De uma forma geral, os cookies são utilizados para melhorar a experiência de navegação no site e para melhorar a qualidade dos serviços que disponibilizamos através do mesmo.

Ao clicar “Aceito” está a autorizar a utilização dos nossos cookies. Poderá encontrar mais informação acerca do uso que fazemos de cookies na nossa Política de Cookies.

As águas cristalinas da ribeira de São João, na sua agitação e borbulhar podem fazer lembrar, aos mais imaginativos, os soluços ou suspiros da Princesa Peralta pelo seu grande amor. De facto, neste lugar, a ribeira de São João está enquadrada num cenário admirável, com o castelo, construído em xisto, e o Santuário de Nossa Senhora da Piedade. O quadro final é completado por uma envolvência verdejante, pequenas cascatas, passadiços e percursos pedestres. O lugar é conhecido entre a população como “Burgo”. Os visitantes têm acesso a um refúgio único, onde as águas da ribeira de São João foram aproveitadas para a prática balnear.

A Piscina Fluvial foi inaugurada em 8 de maio de 1966 e construída no mandato de Manuel Magalhães Mexia, sob projeto de Hermenegildo Campos Curvelo. O espaço está equipado com várias infraestruturas que dão apoio aos visitantes e banhistas (balneários, um café com esplanada que funciona no verão, o restaurante “O Burgo” onde se podem provar pratos típicos) e condições adequadas de acessibilidade, como o comprova a Bandeira “Praia Acessível - Praia para Todos!” do Instituto Nacional para a Reabilitação, Agência Portuguesa do Ambiente e Turismo de Portugal.


para saber mais: https://cm-lousa.pt/