Este site utiliza cookies. De uma forma geral, os cookies são utilizados para melhorar a experiência de navegação no site e para melhorar a qualidade dos serviços que disponibilizamos através do mesmo.

Ao clicar “Aceito” está a autorizar a utilização dos nossos cookies. Poderá encontrar mais informação acerca do uso que fazemos de cookies na nossa Política de Cookies.

Apesar de haver vestígios de ocupação romana em épocas remotas, a primeira referência escrita a um povoado neste local data de 985. O documento refere-se a uma doação do conde Ovecco Garseani e sua mulher de uma propriedade ao Mosteiro de Lorvão que tomaria o nome de Mortalago. As primeiras comunidades cristãs teriam certamente um local para assistir aos cultos religiosos, mas a igreja de Nossa Senhora da Assunção, matriz de Mortágua, foi apenas edificada no século XVI.

O aspeto geral da estrutura, emoldurada por frontão de lanços contracurvados e pelas pilastras encimadas por fogaréus, remonta possivelmente ao início do século XVIII. Durante as invasões francesas, a igreja foi pilhada e sofreu grandes danos. De qualquer maneira, no interior, merecem especial atenção o batistério e a pia, bem como as talhas neoclássicas e azulejos hispano-árabes.

para saber mais: www.cm-mortágua.pt