Este site utiliza cookies. De uma forma geral, os cookies são utilizados para melhorar a experiência de navegação no site e para melhorar a qualidade dos serviços que disponibilizamos através do mesmo.

Ao clicar “Aceito” está a autorizar a utilização dos nossos cookies. Poderá encontrar mais informação acerca do uso que fazemos de cookies na nossa Política de Cookies.

O primeiro foral de Penacova foi dado por D. Sancho I, pai das beatas Teresa e Sancha, no ano de 1192. A povoação já existia há algum tempo, pois as primeiras referências documentais datam do ano 1036. Por isso, é provável que a igreja tenha sido fundada na Idade Média. No entanto, a atual igreja matriz, dedicada a Nossa Senhora da Assunção, foi apenas edificada no século XVI. De linhas sóbrias, os únicos elementos de destaque na fachada são o portal em pedra de Ançã e o óculo que se abre por cima deste. É uma igreja de nave única coberta por abóbada de berço em madeira.

O altar-mor tem um retábulo em talha dourada, em estilo nacional, de final do século XVII. Nos alçados laterais da nave abrem-se algumas capelas edificadas no século XVI: Capela de Nossa Senhora da Esperança e Capela de Nossa Senhora da Graça, de um lado; do outro, as Capelas do Espírito Santo, de Nossa Senhora da Piedade, e da Sagrada Família. Já a sacristia, para além de uma uma lápide romana embutida numa das paredes, apresenta três baixos-relevos quinhentistas, um representando o aparecimento de Cristo a Madalena, outro a Adoração dos Magos, outro a Deposição da Cruz.

para saber mais: http://www.patrimoniocultural.gov.pt (Classificado como IIP – Imóvel de Interesse Público)