Este site utiliza cookies. De uma forma geral, os cookies são utilizados para melhorar a experiência de navegação no site e para melhorar a qualidade dos serviços que disponibilizamos através do mesmo.

Ao clicar “Aceito” está a autorizar a utilização dos nossos cookies. Poderá encontrar mais informação acerca do uso que fazemos de cookies na nossa Política de Cookies.

O Parque Florestal da Serra da Boa Viagem, com cerca de 400 hectares, constitui a maior área florestal junto à cidade da Figueira da Foz. O Parque é servido por estradas, caminhos florestais e circuitos pedonais e cicláveis que permitem usufruir da Serra, situada a 3 km a norte da Figueira da Foz. Localizada junto ao Oceano Atlântico, a Serra da Boa Viagem possui uma envolvente de singular beleza, com um vasto património natural, paisagístico, geomorfológico e arqueológico. Aqui foi descoberta uma centena de pegadas de dinossauros, cuja relevância é reconhecida mundialmente. Ao longo das falésias das praias do Cabo Mondego, observa-se o maior afloramento Jurássico da Europa (185-140 milhões de anos), em condições excecionais. Dentro do Parque Florestal, destacam-se a Capela de Santo Amaro (século XIX) e o Farol do Cabo Mondego (século XX), classificado como Imóvel de Interesse Municipal. Na Serra, são ainda visíveis jazigos de carvão (lignite) que foram alvo de exploração entre 1773 e 1967 – um dos prenúncios da Revolução Industrial em Portugal. Destaque também para os Miradouros da Vela, de onde se avista a Ilha da Morraceira, as salinas do Estuário do rio Mondego, Buarcos e a Figueira da Foz; e da Bandeira, com 261,88m, com uma vista deslumbrante sobre Quiaios.
Farol do Cabo Mongego
https://www.amn.pt/DF/Paginas/Visitas.aspx
GPS: 40°11’ 27.204’’N 8°54’26.0676’’W
Miradouro da Bandeira
GPS: 40°12’8.6904’’N 8°52’55.6356’’W