Este site utiliza cookies. De uma forma geral, os cookies são utilizados para melhorar a experiência de navegação no site e para melhorar a qualidade dos serviços que disponibilizamos através do mesmo.

Ao clicar “Aceito” está a autorizar a utilização dos nossos cookies. Poderá encontrar mais informação acerca do uso que fazemos de cookies na nossa Política de Cookies.

A Rota Carmelita inicia-se no Carmelo de Santa Teresa e percorre o concelho de Coimbra envolvendo o peregrino por espaços que convidam à fruição da natureza e à meditação religiosa. Em 1948 a Irmã Lúcia entra no Carmelo de Santa Teresa, aí entregando a sua vida e divulgando a mensagem de Fátima. Neste espaço, sugerimos a visita à Igreja, de estilo barroco, e ao Memorial, onde encontrará uma exposição dedicada a toda a vida da Irmã Lúcia, albergando peças únicas de uso pessoal, a recriação da sua cela, textos manuscritos e uma amostra do seu trabalho de correspondência. A partir do Carmelo, é convidado a descer a cidade até ao Largo da Portagem. Pode fazê-lo pela malha histórica de Coimbra, com múltiplos atrativos religiosos e culturais, ou, em alternativa, pela Mata do Jardim Botânico ou mais diretamente através da Couraça de Lisboa, beneficiando com esta variante de uma vista panorâmica sobre o rio Monde- go, os Mosteiros de Santa Clara e o Convento São Francisco. Após a travessia do rio Mondego em direção a Santa Clara, é convidado a subir a Calçada da Rainha Santa até ao Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, a terceira variante, de onde desfrutará de uma panorâmica única sobre a cidade. Se optar por continuar o seu percurso pela antiga estrada de Lisboa, acede ao Miradouro do Vale do Inferno, último momento para admirar a bela paisagem da cidade de Coimbra, prosseguindo até aos limites do concelho, passando pelas freguesias de Antanhol e de Cernache. A primeira etapa termina na vila palaciana de Condeixa-a-Nova, local que o brindará com vários atrativos, desde o escritor Fernando Namora, à cerâmica (inspirada na cerâmica de Coimbra do séc. XVII), ao prato de Cabrito assado ou mesmo à doce Escarpiada. Condeixa-a-Nova é um local com uma centralidade única, um concelho com recursos singulares que pontuam a Rota Carmelita na etapa seguinte.